top of page
  • Foto do escritorAdmin

Marketing médico sem resultados: os maiores erros de marketing cometidos por cirurgiões plásticos


Marketing médico sem resultados: os maiores erros de marketing cometidos por cirurgiões plásticos

Marketing médico para cirurgiões plásticos


Marketing médico é uma estratégia de marketing que se concentra na promoção de serviços de saúde e cuidados médicos por meio de uma abordagem direcionada aos pacientes e à comunidade em geral.


O objetivo do marketing médico é aumentar a conscientização sobre os serviços e práticas médicas, além de atrair novos pacientes e manter os atuais. No entanto, o marketing médico é um assunto controverso, pois há preocupações éticas em relação à publicidade de serviços de saúde e práticas médicas.


Portanto, os profissionais de marketing médico devem aderir a estritas diretrizes éticas e regulamentações legais para evitar práticas inapropriadas e garantir a qualidade e a integridade dos serviços de saúde oferecidos.


Uma das áreas da medicina que tem mais a ganhar (e a perder) utilizando estratégias de marketing médico é a relacionada à cirurgia plástica.


Neste artigo vamos ver os principais erros de marketing cometidos por cirurgiões-plásticos.


Os maiores erros de marketing cometidos por cirurgiões plásticos


É com grande preocupação que venho falar sobre os erros de marketing que tenho observado em muitas das estratégias de marketing utilizadas na promoção de profissionais e clínicas de cirurgia plástica. Infelizmente, esses erros têm levado a resultados insatisfatórios e até mesmo prejudicando a reputação de muitas clínicas.


Um dos principais erros que muitos médicos cometem ao buscar divulgar procedimentos estéticos é a falta de preocupação com a segurança e qualidade dos mesmos. É preciso estar atento aos riscos que podem estar envolvidos em qualquer tipo de intervenção no corpo humano, e priorizar a saúde do paciente deve ser uma das principais metas dos profissionais da área. Esse cuidado precisa estar explícito na sua comunicação como os potenciais pacientes.


Muitas vezes, o foco exclusivo nos resultados estéticos pode acabar gerando uma mensagem equivocada para os pacientes, sugerindo que a aparência física é mais importante do que sua própria saúde. Nesse sentido, é fundamental que tanto os profissionais quanto os pacientes estejam conscientes da importância de realizar procedimentos seguros e de qualidade, levando em consideração não apenas o resultado final, mas também o bem-estar do paciente durante todo o processo.


Portanto, é imprescindível destacar a relevância da segurança e qualidade na realização de procedimentos estéticos, a fim de garantir que os resultados almejados sejam alcançados sem comprometer a saúde e o bem-estar dos pacientes. Afinal, cuidar da aparência física não pode jamais se sobrepor à importância da preservação da saúde humana.


Um erro muito comum entre aqueles que trabalham na área da saúde é a utilização de imagens e informações sensacionalistas, que acabam exagerando nos resultados obtidos ou prometendo verdadeiros milagres. Embora essa abordagem possa atrair pacientes no curto prazo, ela acaba gerando uma grande desconfiança e insatisfação quando os resultados não correspondem às expectativas criadas.


É importante lembrar que as pessoas buscam na área da saúde soluções para seus problemas, e estão em busca de profissionais capacitados e confiáveis para ajudá-las nesse processo. Por isso, é fundamental que sejam utilizadas informações claras e objetivas, sem qualquer tipo de sensacionalismo.


Além disso, é preciso ter em mente que os resultados obtidos no tratamento de cada paciente são únicos e variam de acordo com diversos fatores individuais. Portanto, prometer resultados milagrosos ou exagerar em sua eficácia pode gerar uma grande frustração nos pacientes.


Por isso, recomenda-se sempre uma abordagem honesta e transparente em relação aos resultados esperados. Ao invés de prometer milagres, é importante esclarecer com o paciente quais são as expectativas realistas do tratamento proposto e discutir os possíveis riscos e benefícios envolvidos.


Somente dessa forma será possível construir uma relação de confiança duradoura entre paciente e profissional da saúde. A relação entre cirurgiões plásticos e pacientes é um aspecto crucial no sucesso de uma cirurgia plástica. Infelizmente, muitos médicos negligenciam a importância dessa conexão pessoal e se concentram apenas nos aspectos técnicos da operação.


No entanto, oferecer um atendimento personalizado e dedicar tempo para entender as necessidades individuais de cada paciente é fundamental para garantir um resultado satisfatório.


O relacionamento com pacientes em potencial começa desde o primeiro contato, seja por telefone ou em uma consulta inicial. É importante que o cirurgião plástico se dedique a conhecer o histórico médico do paciente, suas expectativas e desejos em relação à cirurgia. Além disso, é preciso transmitir confiança e segurança ao paciente durante todo o processo.


Não menos importante é o acompanhamento pós-operatório. O cuidado com o paciente não deve cessar após a realização da cirurgia plástica. É fundamental que o médico acompanhe a evolução do paciente durante todo o período de recuperação e esteja disponível para sanar dúvidas e prestar assistência sempre que necessário.


Portanto, é necessário que os cirurgiões plásticos compreendam a importância do relacionamento com seus pacientes em potencial e se dediquem a oferecer um atendimento personalizado desde o primeiro contato até o pós-operatório. Essa abordagem humanizada pode fazer toda a diferença no sucesso de uma cirurgia plástica e na satisfação do paciente


Por fim, não posso deixar de mencionar a importância da ética na publicidade médica. É essencial seguir as normas estabelecidas pelos conselhos regionais e evitar qualquer forma de publicidade enganosa ou antiética.


Uma última palavra sobre marketing médico para cirurgiões-plásticos


Na nossa opinião, médicos sérios deveriam se afastar completamente do chamado "lifestyle marketing", ou seja, de todo tipo de demonstração de ostentação de bens e riquezas, como é comum vermos nas redes socias.


Isso não só é antiético como pouco eficiente para atrair os pacientes que, de fato, procuram por profissionais competentes e comprometidos com a saúde dos seus pacientes.


Conclusão

Em resumo, para alcançar sucesso no marketing médico é necessário equilibrar a promoção dos serviços com uma abordagem ética e centrada no paciente. Entender as necessidades individuais dos pacientes é crucial para construir relacionamentos duradouros e promover tratamentos seguros e eficazes.






Sobre a Senior Consulting



Somos referência em marketing e gestão de empresas de saúde. Temos nossa matriz em São Paulo e escritórios em Miami, Nova York e Londres.


Senior Consulting

Consultoria de marketing médico

+55 11 3254 7451

atendimento@seniorconsulting.com.br

bottom of page