top of page
  • Foto do escritorAdmin

Como montar um organograma para uma clínica odontológica


Como montar um organograma para uma clínica odontológica


Muitos profissionais de odontologia trabalham sozinhos, ou compartilham uma estrutura com outros profissionais.


Entretanto, existem clíincas com muitos consultórios e uma equipe administrativa de maior porte.


Quando a clínica cresce, surge a necessidade organizar administrativamente o negócio, seja em departamentos e também com os cargos e funções de cada funcionário ou prestador de serviços.


Nesse momento surge a necessidade de criar um organograma para sua clínica. Neste artigo vamos abordar os conceitos por trás de um organograma.


O que é e como montar um organograma?


Um organograma é um diagrama que representa a estrutura organizacional de uma empresa, instituição ou organização. Ele mostra como as diferentes unidades, departamentos e cargos estão organizados e relacionados entre si.


O papel do organograma é fornecer uma visão geral da estrutura hierárquica da organização, mostrando a divisão de responsabilidades e autoridade entre os diferentes níveis e departamentos. Ele pode ajudar a esclarecer os fluxos de comunicação e tomada de decisão dentro da empresa, além de definir as áreas de responsabilidade e linhas de supervisão.


O organograma é uma ferramenta importante para a gestão de recursos humanos e pode ser usado para planejar e implementar mudanças organizacionais. Ele também pode ajudar a identificar possíveis pontos de conflito ou ineficiência na estrutura da organização e permitir que os gestores tomem medidas para solucionar esses problemas.


Como montar um organograma para sua clínica odontológico passo a passo


Montar um organograma para sua clínica pode ajudar a estruturar a hierarquia da empresa e definir as responsabilidades de cada funcionário. Aqui estão os passos para criar um organograma eficaz:

  1. Identifique os cargos existentes na sua clínica: Liste todos os cargos e funções existentes em sua clínica, incluindo dentistas, ASBs, administradores, recepcionistas, etc.

  2. Defina as responsabilidades de cada cargo: Para cada cargo, defina quais são as responsabilidades e tarefas que devem ser realizadas. Isso ajudará a determinar a hierarquia da empresa.

  3. Determine as relações entre os cargos: Analise como cada cargo se relaciona com os outros, como os médicos se relacionam com os enfermeiros, por exemplo. Isso ajudará a definir a estrutura hierárquica da empresa.

  4. Escolha um modelo de organograma: Existem vários modelos de organograma disponíveis, como o vertical, o horizontal e o matricial. Escolha o modelo que melhor se adapte à sua clínica.

  5. Desenhe o organograma: Use um software de desenho ou um programa de apresentação para desenhar o organograma. Comece com o cargo mais alto na hierarquia e trabalhe para baixo.

  6. Revisão e aprovação: Compartilhe o organograma com os funcionários da clínica e revise-o com a equipe. Faça as alterações necessárias.

Formalize o crongroma dentro da sua clínica com uma reuniao envolvendo toda a equipe, tanto administrativa como clínica.


O organograma da sua clínica vai ajudar o gestor / proprietário a ter uma visão clara dos departamentos, das funções e das relações e subordinação existentes entre as áreas.


Sobre a Senior Consulting


Somos referência em marketing e gestão de empresas de saúde. Temos nossa matriz em São Paulo e escritórios em Miami, Nova York e Londres.


Senior Consulting

Consultoria para clínicas odontológicas

+55 11 3254 7451

atendimento@seniorconsulting.com.br

bottom of page