top of page
  • Foto do escritorAdmin

Dentista: Você trabalha muito, mas não tem lucro? Saiba porque isso acontece!


Dentista: Você trabalha muito, mas não tem lucro? Saiba porque isso acontece!


Você é um dentista que trabalha muito, mas não tem retorno financeiro?


A profissão de dentista é uma das mais importantes para a saúde humana. O cuidado com a saúde bucal é fundamental para evitar doenças e garantir o bem-estar geral do paciente. No entanto, muitos dentistas trabalham muito e não conseguem obter os resultados financeiros esperados.


Ao gerenciar um consultório odontológico, é importante estar ciente de que problemas financeiros podem ocorrer. Embora eles possam ter várias causas, algumas são mais frequentes do que outras. Entre elas, a falta de gestão financeira adequada é uma das principais.


Muitos dentistas não possuem conhecimentos básicos em finanças e acabam gastando mais do que ganham. Isso pode levar a um desequilíbrio no fluxo de caixa e até mesmo à falência do negócio. É crucial ter um controle rigoroso dos gastos e das receitas, buscando sempre otimizar o fluxo de caixa.


Um tema muito recorrente na área odontológica é a falta de planejamento estratégico, o que pode causar diversos problemas. Ocorre que muitos profissionais acabam se concentrando demasiadamente nos aspectos clínicos e técnicos da sua prática, relegando a administração do consultório a segundo plano. E, por conseguinte, isso pode gerar decisões equivocadas, bem como um uso ineficiente dos recursos disponíveis.


Infelizmente, é comum observarmos consultórios odontológicos que não possuem uma estratégia bem definida e um plano de ação claro para alcançar seus objetivos. A falta desse planejamento pode acarretar em uma série de complicações para o negócio. Por exemplo: dificuldades para manter o fluxo de pacientes estável, problemas financeiros decorrentes da má gestão do dinheiro e até mesmo perda de competitividade no mercado.

Portanto, é fundamental que os profissionais da área odontológica percebam a importância do planejamento estratégico e se dediquem também à administração do seu consultório. Isso envolve conhecer bem o mercado em que atua, identificar as fraquezas e oportunidades do negócio, traçar metas realistas e estabelecer um plano de ação efetivo para alcançá-las. Dessa forma, será possível garantir um bom desempenho financeiro e operacional do consultório, além de proporcionar um atendimento mais eficiente e satisfatório aos pacientes.


Por fim, outro fator que pode influenciar no baixo lucro dos dentistas é a falta de divulgação dos serviços oferecidos. Muitos profissionais ainda utilizam apenas as formas tradicionais de publicidade, como panfletos e cartões de visita. No entanto, é fundamental estar presente nas redes sociais e utilizar técnicas de marketing digital para atrair novos clientes.


Por fim, vale ressaltar que o mercado odontológico está cada vez mais competitivo. É importante estar atento às tendências do setor e buscar constantemente inovações para se destacar da concorrência. Investir em marketing e em tecnologia também pode ser uma forma eficaz de atrair novos pacientes e fidelizar os antigos.

Concluindo que os motivos que levam um dentista a trabalhar muito e não ter retorno financeiro são:


Precificação equivoca: O cálculo do valor do procedimento não cobre todos os custos, despesas e margem e lucro.

Trabalhar com convênios: A grande maioria dos convênios pagam um valor muito baixo pelos procedimentos o que inviabiiza a geração de lucro na clínica.

Pagar comissionamentos altos: Dificilmente uma clínica que paga para seus dentistas associados comissionamento superior a 30% consegue fechar no positivo. Principalmente, se forem procedimentos pagos por convênios odontológicos.

Falta de visibilidade: Infelizmente boa parte dos dentistas ainda acreditam que marketing é um custo. De fato, se você contratar uma agência de marketing odontológico, o marketing será um custo. Procure empresas de markeitng para dentistas sérias. Sem visibilidade, sem ser encontrado online por potenciais pacientes, dificilmente o dentista vai conseguir gerar fluxo de caixa suficiente e ter lucro.

Problemas no fechamento dos planos de tratamento: Muitas vezes o dentista até faz muitas avaliações por mês, mas não consegue fechar ou converter o plano de tratamento. O problema aqui pode ser um misto entre atração de novos leads sem o perfil da clínica, o que é um problema de marketing, mas também pode ser um problema interno, ou seja, de vendas dada a incapacidade e falta de treinamento em negociação e quebra de objeções daquela pessoa responsável por apresentar o preço do plano de tratamento ao paciente.


Em resumo, gerenciar um consultório odontológico requer habilidades tanto clínicas quanto administrativas. Para garantir o sucesso do negócio, é fundamental ter uma boa gestão financeira, planejamento estratégico e estar atento às tendências do mercado


Sobre a Senior Consulting


Somos referência em marketing e gestão de empresas de saúde. Temos nossa matriz em São Paulo e escritórios em Miami, Nova York e Londres.


Senior Consulting

Consultoria para odontologia

+55 11 3254 7451

atendimento@seniorconsulting.com.br

bottom of page